EnglishPortugueseSpanish

O Airbnb está desenvolvendo uma série de medidas para diminuir problemas com potenciais hóspedes. Após implementar um sistema para identificar psicopatas, a empresa desenvolveu uma tecnologia para vasculhar as redes sociais para encontrar dados e calcular o risco de alguém destruir uma casa alugada. O “analisador de características” vai usar inteligência artificial para identificar pessoas associadas a drogas e álcool, sites de ódio ou serviços sexuais.

Segundo registros, o sistema utiliza palavras-chave, vídeos e imagens de toda internet, e vincula as informações a potenciais clientes. O programa também vai avaliar traços de comportamento e personalidade, com verificações habituais de crédito e identidade.

publicidade

A tecnologia foi desenvolvida após o dono de um imóvel acionar a empresa no Tribunal Superior de Londres, depois de 500 pessoas destruírem sua mansão em Chelsea. A reserva tinha sido feita em nome de uma família de quatro pessoas. Após quatro meses, foram gastos quase R$ 2,5 milhões para reparar os dados.

Via: Business Insider