EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um relatório da Receita Federal mostrou que os processadores domésticos da AMD foram os mais vendidos no Brasil durante 2019. É a primeira vez em anos que a empresa ultrapassa a concorrente Intel nesse segmento. Os dados não levaram em conta os processadores de notebooks, segmento ainda liderado pela Intel.

Com 96.688 unidades de processadores domésticos importados por meios oficiais – outros métodos não valem para essa pesquisa –, a AMD vendeu, no total, 15.142 unidades a mais do que a Intel, dominando 54,2% de todo o montante de processadores trazidos ao Brasil em 2019.

publicidade

Ainda assim, o processador mais vendido pela AMD não foi tão popular quanto o mais vendido pela Intel (17.053 unidades do AMD Ryzen 7 2700 contra 28.406 unidades do Intel Core i5-9400F). O que fez com que a AMD saísse à frente foi sua consistência nas vendas, já que a empresa conseguiu manter um alto volume de importações de outros produtos do mesmo segmento.

De acordo com especialistas do mercado de hardwares, a falta de um produto absolutamente superior em vendas para a AMD se deve, ainda, à desconfiança dos consumidores em decorrência de problemas do passado. “Mesmo com a evolução da tecnologia [da AMD], é possível notar que algumas revendas ainda têm resistência em comprar, e até mesmo oferecer ao cliente final, uma solução com processador AMD”, explicou Ivanir Sangaletti, gerente de Produtos da Movva. 

Via: Mundo Conectado

publicidade