EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Uma mulher foi resgatada de uma situação de cárcere privado após pedir socorro à polícia respondendo a um formulário de perguntas do Google. O caso aconteceu na última quarta-feira (29), em Minas Gerais.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Ângela Fellet, a vítima foi obrigada a passar a noite senada em um banquinho, enquanto seu próprio companheiro a vigiava e impedia sua saída de uma residência em Juiz de Fora.

publicidade

A vítima usou o celular para entrar na plataforma do Google e procurou pela Delegacia da Mulher. Na seção “perguntas à comunidade”, escreveu um pedido de socorro. No dia seguinte, logo pela manhã, a Polícia recebeu a denúncia e foi até o local, onde prendeu o homem em flagrante.

“Ele não deixou ela dormir dentro de casa. Ela pegou o celular, acessou a internet e encaminhou perguntas sobre como sair de casa, pois o marido a ameaçava e não permitia que ela saísse do imóvel”, disse Fellet.

Segundo apurações da polícia, o investigado permitia que a mulher saísse de casa somente para trabalhar realizando faxinas de 15 em 15 dias, com monitoramento e hora para retornar.

Além disso, investigações apontam que a mulher já teria sido ameaçada e agredida pelo companheiro, durante os dois anos de relacionamento do casal. Conforme a Delegada, o homem ainda jogou o celular da vítima na água após perceber que ela usou o aparelho para pedir ajuda.

publicidade

Fonte: UOL