EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A construção do hospital Huoshenshan, em Wuhan, na China, é um verdadeiro feito de engenharia que surpreendeu o mundo. Em apenas 10 dias o governo chinês conseguiu construir, equipar e iniciar a operação de um hospital com 1.000 leitos, onde 1.400 profissionais trabalharão no tratamento de pacientes infectados com o novo Coronavírus.

O trabalho de construção foi transmitido pelas câmeras da emissora estatal China Media Group (CMG), em uma “live stream” que chegou a 18 milhões de espectadores simultâneos. Mas outra câmera registrou o processo, de um ponto de vista privilegiado: o espaço.

publicidade

As imagens foram feitas pelo satélite europeu Sentinel-2 e publicadas por David Moore, cientista do NERC National Centre for Earth Observation no Reino Unido. Elas mostram o local do hospital, às margens do lago Zhiyin, antes da construção, em 13 de janeiro, e um dia após o início do funcionamento, em 4 de fevereiro.

Huoshenshan não é o único hospital construído pelo governo chinês para combater o novo Coronavírus. Outro hospital ainda maior, Leishenshan, está sendo construído a cerca de 40 km de distância e será inaugurado nesta quinta-feira (6), com capacidade para 1.600 leitos. Além destes, as autoridades transformaram em 48 horas um hospital inacabado no Dabie Mountain Regional Medical Centre, com capacidade para mais 1.000 leitos.

Fonte: Fayer Wayer