EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Até os pets estão com medo do coronavírus na China. Pelo menos é o que parece, já que uma série de proprietários de animais domésticos estão compartilhando fotos de seus bichinhos utilizando máscaras cirúrgicas improvisadas na intenção de afastar o vírus epidêmico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não é para tanto: ainda que o vírus tenha infectado mais de 50 mil pessoas e matado mais de 1.300, não há evidências de que a doença possa afetar animais.

publicidade

Contudo, a Comissão Nacional de Saúde da China discorda. “Se os animais de estimação saem e têm contato com uma pessoa infectada, eles têm a chance de se infectar”, afirmou o epidemiologista Li Lanjuan, porta-voz da comissão. “A essa altura, os animais precisam estar isolados. Além das pessoas, devemos ter cuidado com outros mamíferos, especialmente com animais de estimação”, completou.

Reprodução

Funcionando ou não, o fato é que as máscaras próprias para animais de estimação estão obtendo um salto nas vendas chinesas. Em Pequim, por exemplo, um varejista online disse que passou a vender 10 vezes mais máscaras especiais para cães desde que o surto do coronavírus começou.

 

publicidade

Via: New York Post