De acordo com a revista Fast Company, a Apple está projetando sua própria antena 5G para os iPhones que serão lançados neste ano. Segundo fontes, os aparelhos usarão o modem 5G Snapdragon X55, da Qualcomm, mas não usarão o módulo de antena QTM 525.

Seriam dois os motivos para isso. O primeiro é que com o módulo da Qualcomm os novos iPhones teriam que ter espessura um pouco maior do que o desejado pela Apple nos modelos deste ano. E o segundo é que, caso use a antena da Qualcomm, a Apple terá de pagar mais em royalties para a empresa, o que reduz sua margem de lucro.

publicidade

Fontes afirmam que os novos iPhones usarão antenas com um design conhecido como “phased array”, onde duas partes trabalham em conjunto para concentrar os sinais de rádio em um “feixe” que pode ser direcionado eletronicamente, sem a necessidade de que a antena seja fisicamente movida.

Entretanto, a decisão da Apple pode representar riscos. A empresa não tem experiência no design de antenas e as redes 5G exigem um nível de precisão, e integração entre os componentes, muito superior ao das gerações anteriores.

Um design inadequado pode causar problemas de recepção e reviver o episódio conhecido como “Antennagate”: um erro de design fazia com que os iPhone 4 perdessem sinal se as mãos do usuário fizessem contato com as duas metades da antena na lateral do aparelho ao segurá-lo.

Fonte: Fast Company