EnglishPortugueseSpanish

Diversos filmes antigos de ficção científica imaginaram que em 2000 já estaríamos utilizando carros voadores para nos locomover. Por mais que a tecnologia tenha avançado nos últimos anos, isso ainda é irreal. Pelo menos até então.

A ideia parece estar próxima de sair do papel, já que a Nasa se juntou a diversas empresas para transformar a mobilidade nas cidades com o desenvolvimento do chamado The Grand Challenge (O Grande Desafio, na tradução literal). Segundo a agência espacial, a implementação dos projetos garantirá a entrega rápida de pequenas cargas por via aérea, criará serviços de táxi aéreo, além de fornecer serviços médicos.

publicidade

A assinatura do acordo com 17 empresas que desenvolvem tecnologias para gerenciamento do transporte aéreo é o primeiro passo em um processo de várias etapas, que resultará em uma competição oficial pelo melhor projeto em 2022. Ainda este ano, serão realizados testes tecnológicos preliminares das soluções propostas.

“Com esta etapa, continuamos a juntar peças que esperamos que em breve concretizem a visão antecipada de veículos menores pilotados e não pilotados, oferecendo uma variedade de serviços nas cidades e nas áreas rurais”, afirmou o administrador associado de aeronáutica da Nasa, Robert Pearce. 

As empresas que participam do desafio são:

  • Joby Aviation
  • AirMap
  • AirXOS
  • ANRA Technologies
  • ARINC
  • Avision
  • Ellis & Associates
  • GeoRq LLC
  • Metro Aviation
  • OneSky Systems
  • Uber Technologies
  • Universidade do Norte do Texas
  • Bell Textron
  • Boeing
  • NFT
  • Prodentily
  • Zeva

Via: Tech Crunch

publicidade