EnglishPortugueseSpanish

Nesta quinta-feira (12), o governo chinês anunciou que o pico do surto de Covid-19 chegou ao fim no país. Os casos diários de novas ocorrências têm caído continuamente, chegando a apenas 15 nas últimas 24 horas. Hubei, província que foi o epicentro da epidemia, teve apenas oito casos registrados. Esta foi a primeira vez que menos de 10 novos quadros são registrados em um dia na região. As informações foram divulgadas pela Comissão Nacional de Saúde.

Dentre os novos pacientes, seis são pessoas que estavam no exterior. Além disso, 11 mortes foram confirmadas, levando a 3.173 vítimas fatais. Com a regressão da epidemia, a China decidiu flexibilizar as restrições impostas no país. Muitas cidades de Hubei estavam isoladas, mas, a partir de agora, quem estiver saudável tem permissão para se locomover internamente na província.

publicidade

Apesar desses avanços, o país tem diversas fábricas e centros comerciais fechados, o que afetou toda a produção e consumo na China, a segunda maior economia global. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reduziu a projeção de crescimento do país para 4,9%, contra 5,7% previsto em novembro.

Na quarta-feira (11), o governo anunciou que qualquer pessoa que chegue a Pequim de outro país ficará em quarentena durante 14 dias. Até então, a China registra 90.980 casos e 3.173 mortes.

Via: G1