EnglishPortugueseSpanish

Segundo o jornal South China Morning Post, os primeiros casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, são mais antigos do que se pensava. De acordo com dados governamentais obtidos pelo jornal, o primeiro caso registrado foi um homem de 55 anos na província de Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, em 17 de novembro de 2019.

Autoridades de saúde procuram o “paciente zero”, o primeiro caso da doença em seres humanos, num esforço para entender a origem do vírus que é oficialmente chamado Sars-Cov-2. Assim como outros vírus similares, acredita-se que ele tenha se originado em animais, mais especificamente uma espécie de morcego, embora a forma de transmissão da doença para o homem ainda não tenha sido identificada.

publicidade

Originalmente acreditava-se que o primeiro caso na China tivesse ocorrido em 8 de dezembro. Mas segundo o jornal, nove casos foram registrados em novembro de 2019, quatro homens e cinco mulheres, com idades entre 39 e 79 anos. Entretanto, nenhum deles pode ser considerado o “paciente zero”.

Amostras dos pacientes teriam sido coletadas ao longo do mês de dezembro mas burocracia governamental, como a necessidade de aprovação pelo Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças, além ordens para não divulgar informações sobre a doença para o público, prejudicou os esforços de combate nos estágios iniciais e facilitou a disseminação.

Em 1º de Janeiro de 2020 já havia 381 casos confirmados da doença. Entretanto, 10 dias depois, autoridades de saúde de Wuhan continuavam afirmando que havia apenas 41 casos na cidade.

Fonte: South China Morning Post