EnglishPortugueseSpanish
publicidade

As medidas de quarentena e distanciamento social impostas para conter a expansão da pandemia de Covid-19 estão causando um aumento na demanda por serviços de entrega com drones, como o oferecido pela Wing, subsidiária da Alphabet e irmã do Google.

Segundo o Business Insider, nas últimas semanas os drones da empresa fizeram mais de mil entregas em seus três mercados de teste: Christianburg, na Virginia, Helskinki, na Finlândia e Canberra, na Austrália.

publicidade

A empresa afirma que o produto mais popular no momento é papel higiênico. Sopa, comida para bebês e medicamentos sem receita também estão disponíveis. Itens como café e sorvetes também podem pedidos, e são entregues em embalagens térmicas.

A demanda tem motivado novas parcerias. “Na Austrália vimos montes de pedidos por leite e pão, então fizemos uma parceria com um mercado local”, disse Alexa Dennett, diretora de marketing e comunicação da empresa.

Quando um pedido é feito, um drone sai de uma estação da Wing e vai à loja recolher a mercadoria. Ele então voa até o endereço de entrega, paira a cerca de 7 metros de altura e usa uma corda para baixar o pacote até o solo. Segundo a empresa, basta um local livre “do tamanho de uma toalha de mesa” para que a entrega possa ser feita.

publicidade

Apesar do sucesso, a empresa não comenta quantos drones tem em operação, nem os planos para expansão do serviço. “Ainda é muito cedo, por isso é difícil saber como o coronavírus moldará nossa estratégia de negócios”, disse Dennett. “Gostaríamos que muitas outras famílias nos EUA e no mundo tivessem acesso à nossa tecnologia, mas não temos detalhes para compartilhar neste momento.”

Fonte: Business Insider