EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Facebook anunciou o expansão do Messenger Kids para mais de 70 países, com novos recursos que serão implementados gradativamente em diferentes mercados. As novidades são projetadas para permitir que as crianças aumentem seus contatos no aplicativo, sob supervisão dos pais, enquanto as escolas permanecem fechadas por conta da pandemia de Covid-19.

O primeiro dos novos recursos a ser lançado é o Supervised Friending (Amizade Supervisionada), a princípio apenas nos Estados Unidos. Antes dessa ferramenta, as crianças dependiam que seus pais aprovassem cada uma das novas amizades do Messenger Kids. Com a Amizade Supervisionada, os pais poderão adicionar uma opção que permita que seus filhos adicionem, apaguem, aceitem ou recusem novos contatos. Os pais são notificados pelo Messenger e podem alterar as aprovações no Painel dos Pais.

publicidade

Reprodução

Outra nova ferramenta permite que os responsáveis aprovem outros adultos, como professores, para adicionar seus filhos a conversas em grupo. O terceiro recurso, disponível na América Latina, Canadá e EUA, permite tornar a foto de perfil das crianças visível para um grupo restrito de pessoas – filhos de pessoas convidadas a usar o app, contatos tanto dos pais como dos filhos e outros usuários do Messenger Kids.

No anúncio, o Facebook afirmou que os recursos foram desenvolvidos com seus Youth Advisors, um grupo composto por especialistas em desenvolvimento infantil, mídia e segurança online. Outras novidades para o Messenger Kids foram introduzidas em fevereiro, visando dar maior controle parental sobre a atividade online de seus filhos. 

Ainda assim, mesmo com todo o controle extra que os pais receberam, o Facebook ainda tem muitas maneiras de coletar dados pessoais, como podemos observar por sua política de privacidade.

publicidade

Via: Tech Crunch