EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A pandemia de Covid-19 mudou vários aspectos de nossas vidas, incluindo as viagens aéreas. Rotas canceladas, mudanças no embarque e menos assentos disponíveis durante os voos, para garantir a distância entre os passageiros, já são realidade. E agora mais uma mudança está sendo implementada em muitas empresas: a obrigatoriedade no uso de máscaras durante o voo.

As regras variam de acordo com a companhia aérea: algumas recomendam o uso de máscaras pelos passageiros e tripulantes. Outras exigem que apenas os comissários usem máscaras. Mas há aquelas, incluindo as três maiores companhias aéreas dos EUA, nas quais em breve o uso será obrigatório para todos, passageiros e tripulantes.

publicidade

Na American Airlines, todos os comissários deverão usar máscaras a partir desta sexta-feira (1). A partir de 11 de maio o uso de máscaras pelos passageiros também será obrigatório. A empresa irá distribuir lenços desinfetantes e máscaras para os passageiros.

Reprodução

A Delta já exige que os funcionários que não conseguirem se manter a pelo menos 2 metros de outras pessoas usem máscaras, o que inclui os comissários. A partir de 4 de maio os passageiros terão de usar máscaras, que serão distribuídas pela companhia. Ela também incluirá “toalhinhas de limpeza” nos kits de amenidades em voos internacionais.

A Frontier e Jet Blue, que operam dentro dos EUA, também passarão a exigir máscaras. No caso da Frontier todos os passageiros terão de usá-las durante o check-in, nos portões e durante o voo a partir de 8 de maio. Na JetBlue a exigência vale a partir do dia 4, “desde o check-in”. A empresa diz que terá “uma pequena quantidade” de máscaras para os passageiros que não tiverem suas próprias.

publicidade

Na United os comissários já tem que usar máscaras, e os passageiros deverão fazer o mesmo a partir de 4 de maio. A empresa irá distribuir máscaras para os passageiros que não tiverem suas próprias.

Fonte: CNet