EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O serviço de streaming móvel Quibi tem menos de um mês, mas já se envolveu em um ‘incidente’ a respeito de vazamento de dados e políticas de privacidade.

Um novo relatório do pesquisador da Victory Medium, Zach Edwards, revela que o aplicativo divulgou os e-mails de inscrição de seus usuários para vários anunciantes de terceiros, incluindo Google, Snapchat, Facebook e Twitter.

publicidade

Para criar uma conta no Quibi, novos usuários foram solicitados a fornecer um endereço de e-mail para o qual a empresa enviaria um link de confirmação. No entanto, sem o conhecimento dos mesmos, clicar no link mandava o endereço de e-mail aos responsáveis pela publicidade dos sites.

Reprodução

Inscrições Online

Como essa é uma prática padrão das inscrições online, os usuários teriam poucos motivos para desconfiar. O aplicativo já havia sido baixado 2,7 milhões de vezes pouco mais de duas semanas após seu lançamento.

“É uma decisão extremamente desrespeitosa vazar propositadamente todos os novos e-mails de usuários para seus parceiros de publicidade”, afirmou Edwards. Segundo ele, o vazamento de dados ainda estava ativo mais de uma semana após a empresa ter sido notificada, em 17 de abril.

publicidade

Em uma declaração à Variety, o Quibi contradiz a alegação de Edwards sobre sua suposta resposta lenta, dizendo que ela só foi notificada em 28 de abril. “No momento em que o problema em nossa página da Web foi revelado à nossa equipe de segurança e engenharia, o consertamos. Imediatamente “, disse um porta-voz.