EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um novo protótipo de motor a jato pode revolucionar as viagens aéreas. Isso porque o modelo é alimentado apenas por eletricidade, sendo totalmente livre de combustíveis fósseis. O dispositivo comprime o ar a sua volta e o ioniza com micro-ondas, gerando plasma que o impulsiona para frente.

Ainda há um longo caminho a se percorrer para que o motor seja usado em aeronaves. No entanto, o protótipo conseguiu lançar uma bola de aço de 1 kg e 24 milímetros no ar. Considerando a escala, é o mesmo impulso necessário para um motor a jato convencional.

publicidade

“Nossos resultados demonstraram que um motor a jato baseado em plasma de ar de micro-ondas pode ser uma alternativa altamente viável”, destacou o pesquisador e engenheiro da Universidade de Wuhan, Jau Tang.

ReproduçãoProtótipo de motor a jato movido a eletricidade. Foto: Jau Tang

Vale lembrar que as viagens aéreas comerciais representam 2,5% de toda a emissão de gases do efeito estufa, segundo levantamento do New York Times. “A motivação do nosso trabalho é ajudar a resolver os problemas do aquecimento global devido ao uso humano de combustíveis fósseis”, acrescentou Tang.

Via: Futurism

publicidade