EnglishPortugueseSpanish

Uma plataforma criada por pesquisadores do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp foi capaz de calcular a quantidade de vidas salvas a partir da implementação das medidas de isolamento social no Brasil.

Estima-se que, se os cuidados forem mantidos, o número de vítimas da doença vai diminuir. A projeção é que dos atuais 83 indivíduos salvos diariamente dentro de uma semana, esse número saltará para 360. Em 14 dias, o dado registrado pode ser de 865 vidas poupadas a cada 24 horas.

publicidade

Para realização dos cálculos, os pesquisadores cruzam os dados oficiais de contágio e letalidade, fornecidos diariamente pelo Ministério da Saúde. Com isso, é possível montar cenários de recuperação e de evolução do vírus. Em estimativas, os cientistas apontam que manter o isolamento social nas próximas semanas pode salvar, em média, uma vida a cada 3,7 minutos no Brasil.

Como acessar o sistema

O sistema, batizado de “Vidas salvas pelo isolamento social”, criado pelos pesquisadores Paulo José da Silva e Cláudia Sagastizába, pode ser acessado por este link. A plataforma é atualizada diariamente.

De acordo com os pesquisadores, o “distanciamento social pode ser efetivo quando consideramos o Brasil inteiro, mas vem perdendo força”.

“Vemos que as curvas de uma forma geral foram achatadas. Mas o número de doentes ainda cresce muito, mesmo que mais lentamente. Isso sugere que é imperativo que os governos busquem alternativas de controle da epidemia para não enfrentarmos colapsos nos sistemas de saúde em breve”, finalizam.

publicidade

Via: O Estado de São Paulo