EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Nesta segunda-feira (11), o ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou que o Brasil está negociando para entrar no grupo que vai testar a primeira vacina contra o novo coronavírus. “A gente está trabalhando para integrar um grupo que vai testar a primeira vacina para Covid-19. Isso é importante para o Brasil”, declarou em entrevista coletiva.

No momento, a doença ainda não possui nenhum medicamento comprovadamente eficaz, tampouco uma vacina, segundo a Organização Mundial da Saúde. Além disso, a Agência Nacional de vigilância Sanitária (Anvisa) também destaca que ainda não aprovou nenhum remédio para o tratamento da Covid-19.

publicidade

Reprodução

Por fim, Teich acrescentou que o ministério não proíbe o uso de nenhum medicamento já aprovado pela Anvisa no tratamento do coronavírus, apesar de também não recomendar algum.

Na última semana, o ministro já havia informado que o Brasil estava se antecipando e negociando cotas de futuras vacinas para que o país não sofra com a demanda mundial.

Via: Uol

publicidade