O Google está restringindo mais o acesso de outros usuários – e, consequentemente, reforçando a privacidade – ao serviço de armazenamento e compartilhamento de imagens, Google Fotos. As mudanças visam dar mais controle ao dono do conteúdo sobre quem pode visualizar e adicionar novas fotos aos álbuns.

Entre as mudanças, a mais notável é a possibilidade de remover um usuário adicionado de um álbum compartilhado. Como funcionava: ao compartilhar um álbum, a ferramenta cria um link público que permite a qualquer pessoa acessar as fotos. Depois de enviar o link para a pessoa com quem você deseja compartilhar, ela ingressa no álbum – e não podia mais ser removida.

publicidade

“Você tem agora a opção de ativar ou desativar o compartilhamento de links a qualquer momento e pode decidir se deseja permitir que outros colaboradores adicionem fotos a um álbum”, explica a líder de engenharia de compartilhamento do Google Fotos, Sanjukta Mathur. “Você também poderá remover alguém do álbum, o que removerá as fotos e os vídeos que eles adicionaram”, completa.

O novo formato de compartilhamento de fotos limitará sua visibilidade dos álbuns apenas às Contas do Google específicas com as quais você optar por compartilhá-las. “Você ainda terá a opção de compartilhar álbuns por meio de um link, que pode ser incorporado em um e-mail, texto ou blog”, garante a executiva do Google.

De acordo com a empresa, desde o início da pandemia da Covid-19, o compartilhamento no Google Fotos aumentou 50% em algumas regiões.

Via: Android Police