EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A SpaceX teve de cancelar o lançamento da Demo-2, sua primeira missão tripulada, nesta quarta-feira (27) apenas 17 minutos antes do horário previsto, devido a condições climáticas desfavoráveis. Uma nova tentativa será feita na tarde deste sábado (30) mas apenas se o clima permitir.

Infelizmente há 60% de chance de “violações climáticas” nas janelas de lançamento deste sábado (30) e domingo (31). A informação vem da 45th Space Wing, divisão da Força Espacial dos EUA responsável pela operação da base aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, adjacente ao Centro Espacial Kennedy.

publicidade

Uma violação climática é uma condição fora dos parâmetros considerados seguros para o lançamento, como tempestades no caminho do foguete, ventos intensos, excesso de raios ou mesmo um campo elétrico forte demais em certas regiões da atmosfera.

Para que um lançamento ocorra, são necessárias condições favoráveis não só no local de lançamento, mas também “downrange”, ou seja, ao longo de todo o caminho onde a cápsula pode cair caso os astronautas tenham de acionar o sistema de escape da Crew Dragon, já que uma tempestade pode impossibilitar um resgate.

O tempo ruim atrapalhando os planos da SpaceX é consequência de uma tempestade tropical chamada Bertha, que chegou à Carolina do Sul, ao norte da Flórida, na manhã desta quarta-feira.

A previsão da 45th Space Wing cita chuva e nuvens cumulonimbus como as “principais preocupações” para um lançamento no sábado, com “nuvens densas” se juntando à lista no domingo.

publicidade

Se o lançamento não for realizado neste fim de semana, a próxima oportunidade será na segunda-feira, 1º de junho. Devido à mecânica orbital, a SpaceX e a Nasa precisam lançar a missão em momentos específicos para que a cápsula com os astronautas consiga chegar à estação espacial.

Fonte: Space.com