EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Acha que seu CPF foi utilizado indevidamente por alguém para solicitar o auxílio emergencial? Isso é fraude e você pode verificar se aconteceu na plataforma de Consulta ao Auxílio Emergencial do próprio governo federal.

O passo a passo para consultar se há algum requerimento inscrito sob o seu CPF é bem rápido e fácil: basta acessar a plataforma neste link e inserir seu CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

publicidade

Se a página seguinte apontar que o requerimento “não foi encontrado”, é porque ninguém – nem você – solicitou o auxílio emergencial. Caso contrário, se houver uma solicitação que não foi feita por você, o melhor a fazer é registrar uma denúncia no sistema Fala.Br (plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da Controladoria Geral da União – CGU) ou pelos telefones 121 e 0800 7070 2003.

Reprodução

A solicitação do auxílio também pode ser feita e acompanhada via app. Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Se você solicitou o auxílio emergencial, mas ainda assim suspeita de alguma fraude com o seu CPF, cheque os status da solicitação para entender se há algo errado com o seu cadastro.

publicidade

Confira cada um dos cinco possíveis status para entender se o seu cadastro está passando por movimentações suspeitas:

  • Benefício aprovado: esse status significa que o usuário é elegível a receber o auxílio emergencial. A data de envio para a Caixa não representa a data efetiva do pagamento do benefício. O calendário de pagamento dos beneficiários deve ser consultado diretamente no site da Caixa.
  • Benefício não aprovado: neste caso, o usuário não é elegível a receber o auxílio emergencial. Na mesma tela, o cidadão poderá verificar qual critério não foi atendido para causar sua inegibilidade.
  • Requerimento não encontrado: como explicado anteriormente, é o status que aparece quando a Dataprev não recebeu nenhum requerimento vindo do usuário.
  • Requerimento retido: significa que o cadastro foi retido pela equipe de homologação do Ministério da Cidadania em função da complexidade de cenários e cruzamentos. Com isso, será realizado novo reprocessamento das informações pela Dataprev.
  • Dados inconclusivos: é o status que indica que o sistema encontrou problemas nos dados do cidadão que impedem a análise para concessão do benefício, o sistema vai orientar que se realize um novo requerimento no site da Caixa.

Ainda que não exista nenhuma tecnologia que verifica fraudes automaticamente na plataforma, o usuário pode perceber quaisquer movimentações ao checar os status.

 

Via: Agência Brasil