Um grupo quer criar células a partir de outras já presentes na corrente sanguínea para facilitar o transporte de medicamentos no organismo. Entre eles estão as plaquetas, que transportar hormônios pela corrente sanguínea.

Se o método se mostrar eficaz nos testes, esse sistema de administração de medicamentos pode ser mais seguro do que outras propostas, como a inserção de nanorrobôs ou híbridos de células-robô no corpo humano.

publicidade