EnglishPortugueseSpanish

Enquanto procuramos maneiras de cumprir as recomendações de isolamento social, a Amazon parece ter resolvido o problema de maneira fácil. Isso porque a empresa apresentou um novo sistema, que foi instalado em seus armazéns, que usa uma câmera e inteligência artificial (IA) para fiscalizar a distância entre as pessoas.

Conhecido como “Assistente de Distância”, o projeto é um sistema de câmeras conectadas que conseguem diferenciar os arredores e calcular o espaço entre os empregados presentes nas instalações.

publicidade

Todo o monitoramento é feito a partir de telas espalhadas pelo local. É possível verificar em tempo real todo o espaço percorrido pelos funcionários. O sistema calcula um metro e meio entre os empregados – a distância mínima recomendada pelas autoridades de saúde.

Os trabalhadores que respeitam o espaço entre outro indivíduo são destacados com círculos verdes. Casos cheguem muito perto, círculos vermelhos ficam visíveis. De acordo com Brad Porter, vice-presidente da Amazon Robotic, a empresa planeja um código-fonte aberto para que qualquer interessado possa criar sua própria versão do sistema.

Obviamente, o projeto despertou a atenção devido às preocupações com a privacidade dos funcionários. No entanto, a Amazon afirma que o sistema é totalmente automatizado e precisa apenas de energia elétrica para funcionar. Por esse motivo, não há nenhum tipo de armazenamento de informação ou transferência de dados. 

O Assistente de Distância é a tentativa mais recente da companhia para impedir a disseminação do novo coronavírus em seus armazéns. Eles se recusam a divulgar quantos empregados foram contaminados e morreram em decorrência da Covid-19. No entanto, de acordo com a mídia, pelo menos oito trabalhadores foram vítimas.

Para evitar isso, Jeff Bezos, fundador da Amazon, prometeu gastar US$ 4 bilhões em iniciativas relacionadas à Covid-19 – valor igual ao lucro operacional previsto para este trimestre. O empresário disse que esse dinheiro será investido em testes para os funcionários, equipamentos de proteção individual, limpeza das instalações e salários mais altos para as equipes que continuam trabalhando.

Via: The Next Web