Um sistema de inteligência artificial recriou o rosto de sete pinturas famosas. Anteriormente, o projeto havia restaurado o curta “L’Arrivée d’un train em gare à La Ciotat”, feito pelos irmãos Lumière em 1895.

Agora, o sistema criado por Denis Shiryaev deu vida a alguns quadros famosos: Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, e o Nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli, estão entre eles. De acordo com Shiryaev, os resultados são apenas ‘estimativas’, não recriações históricas dos rostos por trás das obras.

publicidade