Na noite de 14 de junho, os poucos habitantes do oeste australiano foram surpreendidos por um fenômeno único e fascinante: uma enorme bola de fogo esverdeada cruzou o céu. A Rede Brasileira de Observação de Meteoros analisou os vídeos divulgados e avalia que o espetáculo de luz percorreu ao menos 700 quilômetros.

Devido à longa duração, à ausência de fragmentação e à constância de cor e brilho, é provável que se trate de um meteoro “earthgrazer”. Esse fenômeno ocorre quando um fragmento de rocha espacial atinge a atmosfera em um ângulo muito baixo e termina retornando ao Espaço.

publicidade