Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Nagoya, no Japão, desenvolveu um sistema que pode capturar parte das emissões de carbono produzidas por usinas e reciclá-las para gerar mais energia.

De acordo com o estudo, publicado na revista acadêmica ACS Sustainable Chemical Engineering, com um sistema como esse, as usinas seriam capazes de reduzir suas emissões de carbono, muito prejudiciais ao meio ambiente, e, como consequência, gerar energia.

publicidade

No geral, os sistemas de captura de carbono utilizam tanta energia que se tornam inviáveis ambiental e economicamente. Contudo, segundo a Agência de Ciência e Tecnologia do Japão, o novo desenvolvimento funciona a temperaturas baixas, o que o torna praticável e, além disso, benéfico.

Reprodução

Esquema que representa como o sistema funciona. Imagem: Universidade de Nagoya

Por meio da baixa temperatura, as emissões de carbono podem ser misturadas com nitrogênio para formar moléculas combustíveis, como metano ou gasolina. Embora aconteça um certo looping em relação ao dióxido de carbono – com menos retornos, é claro -, a geração de energia é compensatória.

Evitar processos que emitem carbono ainda é o melhor caminho, mas, por ora, esse sistema é um bom indicativo de que há outras opções mais sustentáveis no caminho.

Via: Futurism