Apesar de representar grande parte da superfície terrestre, o fundo dos oceanos ainda é pouco explorado. Atualmente, 19% dos oceanos estão mapeados. Essa área representa aproximadamente o dobro do tamanho da Austrália.

O projeto Seabed 2030 quer mapear todo o leito oceânico até 2030. Um mapa desse tipo completo pode melhorar a compreensão sobre o movimento das marés e os tsunamis, ajudar na preservação de espécies marinhas e até guiar a instalação de cabos submarinos.

publicidade