Segundo o analista de mercado Ming-Chi Kuo, especialista na Apple, quem comprar o “iPhone 12” poderá ter uma surpresa desagradável ao abrir a caixa: o aparelho não virá com carregador nem com os fones de ouvido com fio, os EarPods.

Além do aparelho, tudo o que o usuário vai encontrar é um cabo USB para conectar o smartphone a um computador. O carregador do novo modelo, com potência de 20 Watts (superior aos 18 Watts do modelo atual) será vendido separadamente.

Reprodução

Carregador de 20 Watts do iPhone 12 só será vendido separadamente. Foto: MacRumors

publicidade

O principal motivo seria o custo: segundo Kuo, a inclusão do suporte a 5G nos novos aparelhos irá aumentar o custo de produção, e a remoção dos acessórios seria uma forma que a Apple encontrou para não repassar este aumento aos consumidores.

O outro motivo seria ecológico: ambientalistas criticam fabricantes de smartphones, inclusive a Apple, por incluir carregadores USB e fones de ouvido com seus produtos, já que os consumidores provavelmente têm vários deles em casa. Estes acessórios desnecessários contribuiriam para o acúmulo de lixo eletrônico.

Se a Apple mantiver o ritmo dos anos anteriores, os novos iPhones devem ser anunciados em Setembro, e chegar ao mercado já rodando o recém-anunciado iOS 14.

Fonte: MacRumors