A farmacêutica alemã Pfizer e a empresa de biotecnologia BioNTech anunciaram resultados promissores na primeira fase de testes clínicos em humanos de sua candidata a vacina conta a covid-19. Os resultados ainda não foram publicados ou revisados em revistas científicas, mas estão disponíveis para acesso público.

Pelos dados revelados até o momento, a vacina se mostrou segura em um pequeno grupo de pacientes. Nas próximas etapas, os cientistas avaliarão sua eficácia. Testes mais amplos da vacina começarão a ser realizados ainda neste trimestre. Eles devem acontecer nos Estados Unidos, onde o coronavírus ainda circula de forma descontrolada.

publicidade