EnglishPortugueseSpanish

Maior repositório de imagens geográficas do mundo, o Google Earth, está completando 15 anos. O “novo produto de mapeamento baseado em imagens de satélite que combina edifícios e terrenos em 3D com o recurso de mapeamento e a pesquisa do Google” se tornou ao longo dos anos um conjunto gigantesco com bilhões de dados sobre fotografias aéreas, topografias 3D e informações plásticas e detalhadas sobre cada área do planeta. Desde a sua criação, a ferramenta passou por alguns marcos na sua história.

“Sempre dissemos que, se o Google Maps é para encontrar o caminho, o Google Earth é para se perder“, escreveu a diretora da companhia, Rebecca Moore, em uma postagem no blog oficial da empresa, que lista 15 momentos que impactaram o desenvolvimento  da ferramenta, que já foi utilizada por dois bilhões de pessoas.

publicidade

O primeiro aconteceu apenas dois meses após o lançamento do Google Earth. O furacão Katrina atingiu a costa do Golfo em agosto de 2005, e a equipe de desenvolvimento trabalhou com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), dos Estados Unidos, para disponibilizar imagens atualizadas aos socorristas e apoiar esforços de resgate.

O Google também ressalta a trajetória da ferramenta sob aspecto educativo. Um dos casos lembrados pela executiva aconteceu no Brasil. O líder indígena Almir Suruí conheceu a ferramenta pela primeira vez em uma lan house e percebeu seu potencial para conservar as tradições de seu povo. “Em 2007, o chefe Almir viajou milhares de quilômetros da Amazônia brasileira até a sede do Google para convidar a empresa para treinar sua comunidade para usar o Google Earth”, lembra Rebbeca. O resultado da ação foi um Mapa Cultural do povo Suruí no Google Earth, que incluía centenas de locais culturais importantes na floresta tropical.

Outro caso também foi reportado pelo Olhar Digital. Saroo Brierley e sua mãe se separaram em um trem na Índia quando o rapaz tinha apenas 5 anos. Ele acabou adotado por uma família na Austrália, mas por 25 anos não teve contato com os pais biológicos. Já adulto, Saroo traçou minuciosamente o caminho de volta para a Índia, usando as imagens de satélite no Google Earth. Em 2011, ele conseguiu encontrar a mãe biológica. 

Na lista de aniversário, o Google incluiu ainda um caso bem recente. No Japão, todos os anos, entre o fim de abril e o início de maio, quatro feriados nacionais são combinados na Semana Dourada. O costume local faz com que pessoas visitem as suas respectivas cidades natais nesta época, entretanto, este ano as viagens foram impossibilitadas pela pandemia da Covid-19. 

Outro destaque do Google, foi para a história de um grupo de moradores da cidade de Morioka, que desenvolveu um tour pelo Google Earth – as pessoas fizeram um passeio completo, com direito a uma viagem de trem-bala à estação de Morioka aos principais locais de visitação da cidade.

A lista completa com as 15 histórias pode ser conferida no site do Google (em inglês).