Prepare sua carteira e resgate aquele dinheiro que você guardou e não sabe bem onde usar. No dia 6 de agosto, acontecerá um imperdível leilão de mais de 50 dinossauros. Se montar seu próprio “Jurassic Park” sempre foi seu sonho, essa é a hora de adquirir alguns dos mais famosos dinossauros do mundo. Mas não, eles não são reais, e sim réplicas autômatas em tamanho real.

O leilão acontecerá no Able Auctions. A leva de dinossauros robôs inclui “T-Rex, Brontossauros e Raptores, além de centenas de fósseis, equipamentos de animação, iluminação, alto-falantes e muito mais”. Os animatrônicos estão em uma casa de leilões em Langley, um município na Columbia Britânica, no Canadá. As vendas serão feitas pela internet, mas quem estiver na região um dia antes do leilão poderá visitar os dinossauros.

publicidade

Você talvez esteja se perguntando quem teria mais de 50 dinossauros animatrônicos gigantes para vender. De acordo com o Vancouver Sun, a coleção provavelmente fazia parte de uma exibição turística internacional que acabou fechando. O Able Auctions preferiu não revelar onde adquiriu “entre 70 e 80 dinossauros animatrônicos”, mas o Sun relata que a empresa dona dos robôs, a Experiential Media Group do Canadá, entrou em falência no começo de maio e a KPMG foi nomeada como curadora.

Reprodução

Réplicas dos dinossauros em tamanho real. Imagem: Able Auctions

Segundo o jornal, a KPMG redigiu um relatório explicando como a EMG Canadá comprou os ativos da Dinoking Tech Inc, uma empresa de animatrônicos que se fundiu com a Premier Exhibitions, companhia especializada em exposições de artefatos históricos, em 2015. Apesar de a empresa organizar exposições itinerantes de dinossauros e insetos apresentadas por museus, atrações turísticas e zoológicos, isso não foi o suficiente para escapar da falência.

Segundo o CEO da Able Auctions, os dinossauros estão na casa de leilões em Langley e em “contêineres marítimos que serão descarregados nas próximas duas semanas”. Portanto, caso queira ter um dinossauro na sua garagem, chegou o momento.

Dinossauro descoberto no Ceará

Na última sexta feira (10), pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (Urca), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e do Museu Nacional apresentaram detalhes de uma nova espécie de dinossauro encontrada na bacia sedimentar do Araripe, no sul do Ceará. O Aratasaurus museunacionali, como foi nomeado, teve seu fóssil descoberto em 2008.

Seu nome foi dado em homenagem ao Museu Nacional, no Rio de Janeiro, e significa “nascido do fogo”. Em setembro de 2018, o museu sofreu com um grande incêndio que destruiu grande parte do seu acervo. O fóssil, porém, estava em uma área não atingida e permaneceu intacto.

Via: Gizmodo