Após instalarem uma nova atualização do Windows, alguns usuários vêm relatando a ausência do Bloco de Notas em seus computadores. O problema foi exposto em fóruns da internet ao longo dessa semana, e ainda não recebeu um parecer oficial da Microsoft. 

A atualização em questão é a KB4565503, lançada na última terça-feira (14) para o Windows 10, versão 2004. Entre os destaques da atualização, está a melhoria na segurança em diversos aspectos, como na “Microsoft Store”, nas operações básicas do sistema e no uso de dispositivos. Também foram feitas correções no Internet Explorer e no aplicativo do OneDrive. 

publicidade

Os usuários que sentiram falta do Bloco de Notas usaram fóruns virtuais para compartilhar o problema. No Reddit, uma pessoa relatou o ocorrido e acrescentou que também o Paint havia desaparecido de seu computador. Nos comentários, outros usuários afirmaram passar pela mesma situação. 

tablet-pc-528464_1920.jpg

É de praxe que atualizações do Windows venham com pequenas falhas. Imagem: Csaba Nagy/ Pixabay

Uma resposta comum é a de que o Bloco de Notas e o Paint se tornaram opcionais no Windows 10 a partir de maio. Ainda assim, seria preciso que os usuários os desinstalassem por conta própria, o que não ocorreu. 

A resposta aprovada no fórum da Microsoft diz “Eu tive o mesmo problema. Vá até as configurações, aplicativos, características opcionais e reative o Bloco de Notas”. Contudo, a uma resposta semelhante no Reddit, o autor do post acrescentou: “fiz isso, mas não deu certo”. Para outras pessoas, a solução parece ter funcionado. 

Outras falhas em atualizações recentes

Em junho, usuários do Windows encontraram dificuldade ao tentar abrir programas após uma atualização. Dando duplo clique no ícone de alguns aplicativos, aparecia na tela a mensagem de “software não encontrado”. 

Poucos dias depois, o erro relatado na internet foi o “sumiço” de arquivos decorrido da mesma atualização. O problema ocorreu para quem fazia uso da ferramenta “Espaços de Armazenamento”. Embora não tenha disponibilizado imediatamente outra atualização para corrigir a falha, a Microsoft assumiu o problema e passou orientações para resolvê-lo. 

Via: Techdows