Buscando reduzir o custo das missões espaciais de exploração para a Lua, o Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), da Nasa, lançou um desafio público em abril. O “Honey, I Shrunk the Payload”, algo como “Querida, Encolhi a Carga Útil”, exigiu que os candidatos criassem instrumentos que poderiam ser pequenas cargas úteis para futuras missões. Agora, o JPL anunciou os vencedores.

Na categoria “Potenciais Recursos Lunares”, o vencedor foi o Puli Lunar Water Snooper, da Puli Space Technologies Team. O instrumento foi projetado para mapear o hidrogênio a partir de um pequeno veículo espacial para ajudar na busca de gelo de água.

publicidade

JPL1.pngImagem do projeto vencedor do primeiro desafio. Foto: Puli Space Technologies Team

Já na categoria “Ambiente lunar”, a vitória foi do Espectrômetro de Raios X miniaturizado da Sun Slicer. Os dois vencedores levam um prêmio de US$ 30 mil, cerca de R$ 157 mil em conversão direta. Os segundos colocados levaram US$ 15 mil (R$ 78,5 mil), e os terceiros receberam US$ 5 mil (R$ 26 mil).JPL.jpgEspectrometro de Raios X em miniatura vencedor do segundo desafio. Foto: Team Sun Slicer

“As ideias geradas pela comunidade foram excelentes. Esses projetos podem ajudar a Nasa a manter a presença humana na lua e permitir novas ciências”, afirmou Sabah Bux, do JPL. O desafio exigia cargas úteis que tivessem o tamanho de uma barra de sabão. As dimensões não podiam ultrapassar de 10 cm x 10 cm x 5 cm, pesando até 400g.

Poeira lunar

A Nasa está pedindo auxílio a estudantes universitários para resolver uma ameaça para quem pretende passar muito tempo na superfície da Lua nas próximas missões: a pegajosa poeira lunar.

A agência está oferecendo um prêmio de US$ 180 mil àqueles que criarem uma solução que remova a poeira da Lua ou que torne a superfície do astro impermeável ao material. O valor será dividido em até dez equipes escolhidas por um júri do programa Nasa Game Changing Development (GCD).

Via: Space