EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A SpaceX divulgou nesta semana um raro vídeo detalhando um de seus processos internos: o desenvolvimento dos trajes espaciais usados em suas missões tripuladas, como a Demo-2, atualmente em órbita, e a Crew-1, que deve decolar em setembro.

Tecnicamente eles são “trajes de pressão” (Pressure Suits), criados para proteger os astronautas de uma despressurização da cápsula Crew Dragon durante o lançamento e retorno à Terra, e não devem ser confundidos com os verdadeiros “trajes espaciais” (EVA Suits) projetados para uso no vácuo do espaço, durante atividades fora da estação espacial.

publicidade

Os trajes foram desenvolvidos e são produzidos pela SpaceX em sua fábrica na Califórnia, mesmo local onde suas espaçonaves são construídas. Durante o desenvolvimento, sugestões da Nasa e dos primeiros usuários, os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley, foram incorporadas ao design.

Resistentes a chamas e impactos, os trajes têm um sistema de comunicação e controle de temperatura embutidos. O rádio e microfones ficam no capacete. Ar e energia elétrica fluem através de um único cabo umbilical conectado ao assento do tripulante na espaçonave.

“Uma das coisas que consideramos importantes durante o desenvolvimento foi a facilidade de uso, algo que a tripulação simplesmente tivesse de plugar ao se sentar, e o próprio traje faz o resto a partir dali”, disse Chris Tipp, da SpaceX. “Eles são realmente parte do veículo, então pensamos neles como um sistema composto pelo traje e assento”.

publicidade

As luvas apresentaram um desafio extra: além de duráveis e flexíveis, elas precisam ser condutivas, já que a Crew Dragon é totalmente controlada através de telas sensíveis ao toque, algo inédito na história da exploração espacial.

Além da funcionalidade, o design também foi uma prioridade da SpaceX. “Levamos três, quase quatro anos para criar trajes que, ao mesmo tempo, são bonitos e funcionam bem”, disse Elon Musk, fundador e CEO da SpaceX.

“Queremos inspirar as crianças para que digam que querem vestir esse uniforme um dia. Que digam ‘Sim, quero ser um astronauta! Quero trabalhar com engenharia aeroespacial, com voos espaciais avançados’. O que queremos hoje é reacender o sonho do espaço”, disse Musk.