EnglishPortugueseSpanish

Preço da vacina da farmacêutica Moderna é o mais alto até agora

Redação 6 de agosto de 2020
publicidade

O laboratório americano Moderna anunciou ontem que sua vacina contra a covid-19 custará entre 32 e 37 dólares, cerca de 170 a 196 reais, por dose. O imunizante é um dos seis que estão na última fase de testes clínicos em humanos.

A Moderna recebeu em torno de 1 bilhão de dólares dos Estados Unidos para desenvolver sua candidata a vacina. Agora, a companhia negocia o possível fornecimento com diversos países. De acordo com a farmacêutica, a etapa final de testes não deve levar muito tempo e o composto pode estar pronto para uso em massa até o fim do ano.

publicidade

Nesse preço, a fórmula da Moderna é uma das mais caras do mercado. A Pfizer, por exemplo, vendeu cada dose por 19,50 dólares, algo como 103 reais, para o governo americano. O país adquiriu integralmente o primeiro lote. A Casa Branca fechou negócio também com a Johnson & Johnson, que vai cobrar 10 dólares, aproximadamente 53 reais, por dose de imunizante.

Já a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford será vendida a preço de custo. De acordo com o diretor da AstraZeneca, laboratório parceiro da universidade, cada unidade custará 2,5 euros, cerca de 15 reais. O preço da opção da CoronaVac ainda não foi definido. A fórmula é da chinesa Sinovac Bioteche e está sendo testada em nove mil voluntários brasileiros.