EnglishPortugueseSpanish

IPTV pirata mostra força nos EUA

Redação 7 de agosto de 2020
publicidade

Um novo relatório da companhia de proteção de conteúdo NAGRA aponta que o mercado de serviços de IPTV piratas gera cerca de US$1 bilhão nos Estados Unidos. O documento detalha a cadeia de transmissões ilegais no país e estima o faturamento de fornecedores e revendedores da indústria.

 
A NAGRA indica que o valor médio de uma assinatura custa entre US$ 10 e US$ 15 mensais, com taxa mínima estimada de US$ 2 e taxa máxima de US$ 25 mensais. Para os cálculos a organização considerou a quantia de US$ 120 anuais.
 
Segundo o relatório, cerca de 9 milhões de lares nos Estados Unidos têm uma assinatura pirata de IPTV e 30 milhões de indivíduos consomem conteúdos dessas plataformas.
 
A cadeia de distribuição acontece por meio de revendedores. Eles anunciam a oferta de canais de IPTV piratas por meio de redes sociais, levando usuários para websites em que os podem fazer o download de um aplicativo, comprar um dispositivo com o app pré-instalado ou receber instruções de acesso ao conteúdo roubado.
 

Para saber mais acesse nosso portal, www.olhardigital.com.br.

publicidade