EnglishPortugueseSpanish

O trem do “hype” que carrega o jogo “Cyberpunk 2077” continua a todo vapor. Um dos jogos mais esperados do ano (e candidato a fechar “com chave de ouro” a atual geração), o título da CD Projekt Red ganhou mais um longo vídeo que explica alguns dos seus conceitos. Desta vez, o foco foi nos Rumos de Vida que o personagem principal pode ter – e as armas para usar neste caminho.

Baseado no RPG de mesa Cyberpunk 2020, “Cyberpunk 2077” vem sendo desenvolvido há anos pelos mesmos criadores da série “The Witcher”. O game será lançado no dia 19 de novembro para PC, PlayStation 4 e Xbox One. E, para o futuro, a CD Projekt Red já prometeu uma série em anime para a Netflix que se passa no mesmo universo do jogo.

publicidade

Ao criar seu personagem em “Cyberpunk 2077”, você poderá escolher entre três Rumos de Vida (“Lifepaths” no original) disponíveis: Street Kid, Nomad e Corpo. Semelhante ao que acontece em outros jogos de RPG, como em “Dragon Age”, por exemplo, esses caminhos trazem uma história passada para o protagonista, e define como o mundo do jogo o enxerga.

Como Street Kid você é um cidadão marginalizado de Night City, nascido e criado na cidade,  aprendeu a se virar entre as organizações criminosas e a opressão policial. Com esse background, o jogador poderá interagir melhor com os membros das gangues quando estiver na base deles e tentar fazer acordos.

Os Nomad começam suas trajetórias nas Badlands fora da cidade. São os “excluídos entre os excluídos”, que depois de abandonarem seus clãs tiveram que construir uma nova vida para si mesmos. Já os Corpo estão no extremo oposto: membros da Arasaka Corporation fazem parte da elite da sociedade, ao mesmo tempo que usam suas habilidades para trair a megacorporação em benefício próprio.

publicidade

Diferentes oportunidades, opções de diálogo e rotas de progressão durante as missões mudarão de acordo com o rumo de vida escolhido.

A CD Projekt também lançou um vídeo dedicado às várias armas que estarão disponíveis em “Cyberpunk 2077”, divididas em três categorias – corpo a corpo, ataque à distância e ciberware -, que também se enquadram em três categorias: Power, Tech e Smart.

As primeiras contam com mais poder de destruição e são semelhantes às armas contemporâneas. As armas tecnológicas usam energia eletromagnética para impulsionar projéteis de metal em velocidade extrema, com maior poder de penetração.

Por fim, as armas inteligentes são capazes de rastrear alvos em tempo real, tornando possível atingir um inimigo enquanto ele está escondido atrás de um abrigo ou mesmo fugindo. Sua habilidade com cada arma estará ligada ao desenvolvimento do personagem, ou seja, sua proficiência aumenta com o tempo conforme seu personagem avança na trama.

Via: Polygon/Eurogamer