A partir da versão 86, o Google Chrome irá impedir que usuários digitem informações em campos de texto e formulários não seguros, cujo conteúdo é transmititido via HTTP em vez de HTTPS.

Segundo Shweta Panditrao, da equipe de segurança do Chrome, estes formulários são “um risco para a privacidade e segurança dos usuários”, já que a informação preenchida neles pode ser interceptada por criminosos, que podem ler ou modificar os dados.

publicidade

Por isso, o Google Chrome irá implementar duas medidas para evitar que os usuários coloquem suas informações em risco. A primeira é desativar o recurso de autocompletar dados, mostrando um alerta de que o formulário não é seguro, como abaixo.

Reprodução

Além disso, se o usuário ignorar o aviso, preencher o formulário e tentar enviá-lo, verá o aviso abaixo, com a opção de continuar com o envio ou cancelar a ação.

Reprodução

Segundo o Google, versões atuais do Chrome apenas não mostram o cadeado na barra de endereços quando o site contém um formulário não seguro, o que não é claro o bastante para os usuários.

Fonte: Google