Na última semana, o CEO da Apple, Tim Cook, fez mais uma das suas já tradicionais doações. Desta vez, o valor foi de US$ 5 milhões, correspondente a 10.715 ações, que foram destinadas a uma instituição de caridade não revelada. 

Anualmente, Cook recebe um pagamento em ações. Em 2020, este valor foi pago na última segunda-feira (24), e rendeu ao executivo um total de US$ 278,6 milhões (R$ 1,558 bilhões) por 560 mil ações.

publicidade

“Cook vai receber 560 mil ações no valor de US$ 278,6 milhões no fechamento de sexta-feira (21) – sua aquisição anual de um prêmio que ganhou nove anos atrás, após suceder Steve Jobs”, destacou a BNN Bloomberg.

Esse valor foi motivado pela alta das ações no trimestre finalizado em julho. Isso também ajudou o executivo a se tornar o mais novo bilionário do planeta, além de fazer com que o valor de mercado da Apple superasse os US$ 2 trilhões.

iPhone.jpgDesenvovledora do iPhone tem tido uma alta consideraval das ações nos últimos meses. Foto: NYC Russ/Shutterstock.com

Anúncio do iPhone 12

Enquanto seu CEO colhe os frutos, a Apple se prepara para o lançamento de seu próximo smartphone. No que pode ter sido um “deslize”, a empresa parece ter vazado a data do evento para o anúncio da linha de novos iPhones para 2020, conhecida como “iPhone 12”.

Um evento identificado como “TEST” apareceu listado na página de um inscrito no canal da empresa no YouTube, programado para o dia 10 de setembro às “10h15” (provavelmente no fuso da Califórnia). A listagem foi rapidamente retirada do ar, mas não antes que pudesse ser fotografada e compartilhada no Twitter.

A Apple comumente anuncia novas versões do iPhone em Setembro, e neste ano não deve ser diferente. Entretanto, pode haver uma demora entre o anúncio do produto e sua chegada às lojas.

Via: BNN Bloomberg