O engenheiro elétrico norte-americano Arnold Meyer Spielberg, pai do cineasta Steven Spielberg, morreu nesta terça-feira (25) de causas naturais aos 103 anos, informou o jornal Los Angeles Times.

Arnold foi um pioneiro da computação. Trabalhando para a General Electric (GE) ele participou da equipe que desenvolveu a família GE-200 de mainframes de pequeno porte, lançada em 1960. Construída com transistores individuais, uma máquina típica tinha 10 mil transistores e 20 mil diodos. Um modelo equipado com memória de 8K “palavras” de 20 bits cada (cerca de 160 Kilobytes) pesava quase uma tonelada.

publicidade

Mas a principal contribuição de sua carreira foi o primeiro sistema de “ponto de vendas”, (PoS, Point of Sale) desenvolvido quando trabalhava na RCA, em 1954, pelo qual recebeu, em 2006, o Computer Pioneer Award (Prêmio de Pioneiro da Computação) da IEEE Computer Society, nos EUA.

O sistema era composto por um computador central chamado “Recorder Central”, que armazenava as informações disponíveis a dez “satélites” em pontos de venda, que podiam realizar todas as operações de um PoS moderno, como consulta de preços, cálculo de impostos sobre o valor da compra, aplicação de descontos e verificação de crédito.

Arnold Spielberg se aposentou em 1991, mas continuou prestando consultoria para empresas. Além de Steven ele deixa outras três filhas: Anne, Sue e Nancy.

Fonte: Los Angeles Times