Ontem, a Amazon lançou a pulseira inteligente Halo. Com recursos para fazer o monitoramento da saúde e do sono, o dispositivo chega ao mercado com um diferencial pouco animador: ele não tem tela.

Apesar disso, a Halo usa tecnologias relativamente novas, como a análise de voz e a modelagem 3D do corpo. Para a análise de voz, a pulseira tem dois microfones, que ajudam a indicar o estado emocional do usuário com base em seu tom de voz.

publicidade

Já a modelagem 3D usa a câmera de um celular para tirar fotos de diversos ângulos do corpo e, então, criar um modelo 3D que será usado para monitorar a porcentagem de gordura corporal. Esses recursos são oferecidos em uma assinatura, de 3,99 dólares, cerca de 22 reais por mês.

A Halo oferece relatórios de monitoramentos mais simples, como o do sono e o dos batimentos cardíacos. Além disso, ela é à prova d’água para até 50 metros de profundidade.

Por enquanto, o dispositivo está disponível apenas nos Estados Unidos e em fase de testes. Quando chegar ao mercado global, vai custar 65 dólares, cerca de 360 reais, para os primeiros compradores. Depois, o preço será reajustado para 99 dólares, aproximadamente 555 reais.