EnglishPortugueseSpanish

As autoridades dos Estados Unidos continuam as buscas pelo homem misterioso flagrado voando com um jetpack em Los Angeles neste domingo (30). O FBI, junto com a Administração Federal de Aviação (FAA) estão procurando o proprietário do dispositivo visto por pilotos de duas aeronaves diferentes, a uma altitude de 1.000, aproximadamente.

Segundo a imprensa dos EUA, um piloto da American Airlines entrou em contato com a torre de controle do Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX) no fim da tarde de domingo, avisando sobre “um cara em um jetpack”, a cerca de 16 quilômetros da pista, quando o avião se aproximava para o pouso. Mais tarde, foi a vez de um piloto da SkyWest encontrar o homem nos céus.

publicidade

As conversas entre pilotos e controladores foram divulgadas pelo site de transmissão de rádio do controle de tráfego aéreo, chamado LiveATC. No áudio, o piloto afirma que o homem está do lado direito da aeronave, por volta de 300 metros deles. Pouco depois, os controladores de voo alertaram um piloto da Jet Blue sobre a situação.

Apesar dos esforços para saber mais sobre o piloto do jetpack, nada foi encontrado. A FAA então repassou o caso para a polícia local. Entretanto, a LAPD nega ter recebido qualquer relatório do tipo.

Você viu o que eu vi?

Um ponto a ser investigado é a precisão dos relatos dos pilotos sobre a natureza do veículo em questão. O simples ato de sobrevoar um espaço aéreo controlado com uma aeronave não autorizada é extremamente perigoso, já que aumenta o risco de uma possível colisão no ar. Considerando a movimentação no LAX, as chances dessa colisão envolver um avião de passageiros é muito grande.

publicidade

Ainda existe a possibilidade de os pilotos terem confundido o que viram – afinal, não é muito comum vermos pessoas voando em mochilas a jato -, e tudo isso pode ter sido apenas um grande mal-entendido. Talvez seja algum outro tipo de aeronave, como um drone, ou quem sabe um balão, e a luminosidade na região atrapalhou a visão dos pilotos. Essas opções seriam bem menos desafiadoras para as autoridades, mas definitivamente havia algo ali. Apesar da curiosidade, teremos que esperar declarações oficiais.

Via: Tech Times