EnglishPortugueseSpanish

Quatro astronautas indianos seguem trabalhando no Centro de Treinamento de Cosmonautas Gagarin, perto de Moscou, na Rússia. Eles são vistos como potenciais viajantes espaciais para o projeto Gaganyaan, da Índia.

O programa Gaganyaan pretende colocar um astronauta em órbita antes do 75° aniversário de independência da Índia, em 2022, segundo declarações anteriores da Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO), agência espacial do país.

publicidade

De acordo com a Roscosmos, agência espacial russa, os quatro astronautas indianos “estão com boa saúde e determinados a continuar seu treinamento”. Os aspirantes a cosmonautas chegaram em fevereiro deste ano e devem ficar nas instalações russas até o começo de 2021.

Reprodução

Parte do treinamento dos indianos é aprender tudo sobre o foguete Soyuz. Imagem: Roscosmos

Preparativos para o voo

O programa de treinamento do quarteto abrange uma ampla gama de habilidades necessárias para se dar bem em um voo espacial, segundo a Roscosmos. Isso inclui aprender russo e estudar todos os aspectos da espaçonave Soyuz. Os indianos também concluíram diversas simulações de reentrada na atmosfera terrestre, incluindo pousos nas estepes, em áreas pantanosas ou arborizadas e caindo em corpos d’água.

Além disso, os astronautas participaram de simulações de curto prazo de gravidade zero e sentiram como é ser tirado do chão puxados por um helicóptero em um local de pouso. Os astronautas ainda passarão por simulações de forças G centrífugas e períodos em uma câmara de pressão, onde cada um deles entenderá como seu corpo reage durante um voo espacial.

A Índia tem acelerado seu programa de viagens espaciais com humanos, apesar das restrições orçamentárias e da pandemia de coronavírus, que afetou a programação.

Até o momento, somente dois indianos já foram ao espaço, mas viajaram com a cápsula Soyuz e a bordo do ônibus espacial dos Estados Unidos (Space Shuttle), e não em veículos indianos. O intuito do programa Gaganyaan é justamente utilizar um veículo feito no próprio país.

A Rússia e a Índia assinaram o contrato para o treinamento dos quatro astronautas em junho do ano passado. A primeira missão tripulada do programa Gaganyaan deve levar até três passageiros em uma missão de sete dias, segundo a ISRO.

Via: Space