EnglishPortugueseSpanish

Rússia quer banir protocolos de segurança

Redação 23 de setembro de 2020

A Rússia quer banir o uso de protocolos de segurança que podem dificultar sua capacidade de vigilância e censura. Para isso, o governo local está atualizando a legislação relacionada a tecnologia, o que deve afetar os protocolos TLS 1.3, DoH, Dot e ESNI.

A ideia é eliminar o uso de protocolos que escondem o nome de uma página da web no tráfego HTTPS. Eles são adotados ao redor do mundo e dificultam o rastreamento de sites e a aplicação de censura na internet.

publicidade

A Rússia não tem um firewall nacional, mas usa um sistema que permite interceptar tráfego de internet nos data centers de empresas de telecomunicações. Com esses protocolos, os sistemas de vigilância e censura russos são inúteis, já que têm como base o acesso aos identificadores de sites no tráfego de internet criptografada.

De acordo com a nova emenda legislativa, qualquer companhia ou site que usar tecnologias para esconder identificadores em tráfego de internet criptografada será banido da Rússia depois de um aviso de um dia. A proposta está em debate aberto e espera retorno do público até 5 de outubro.