EnglishPortugueseSpanish

OMS apoia uso emergencial da CoronaVac na China

Redação 25 de setembro de 2020

O programa de vacinação emergencial contra a covid-19 na China enquanto os testes estão em andamento recebeu hoje o apoio da Organização Mundial da Saúde, a OMS. A ação consiste na aplicação da CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica Sinovac Biotech.

De acordo com Zheng Zhongwei, da Comissão Nacional de Saúde do país, OMS compreendeu a importância dessa iniciativa. Desde junho, centenas de milhares de trabalhadores essenciais e integrantes de grupos de risco receberam o composto.

publicidade

Soumya Swaminathan, cientista-chefe da organização, diz que as autoridades reguladoras de cada país são livres para aprovar o uso emergencial de produtos médicos. Ela reforça, porém, que essa medida é uma solução temporária.

Nesta semana, os resultados de um levantamento com mais de 50 mil voluntários chineses apontam que a fórmula é segura e não provoca efeitos adversos significativos. Apenas 5,3% dos participantes tiveram reações como dor no local da aplicação, febre moderada ou perda de apetite.

A CoronaVac está em testes clínicos de fase 3 no Brasil com mais de 5 mil voluntários. Eles são acompanhados por 12 centros de pesquisa em cinco estados e no Distrito Federal. Até o momento, nenhum efeito prejudicial grave foi registrado. A expectativa é que 46 milhões de doses cheguem ao Brasil até dezembro.