Um novo banheiro. E não é qualquer coisa, não… este banheiro custou – acredite – 23 milhões de dólares para ser criado. Amanhã, terça-feira, a Nasa vai enviar uma espaçonave para a Estação Espacial Internacional com suprimentos, experimentos científicos e, sim, um novo banheiro espacial. Os funcionários da agência espacial dizem que ele é 65% menor e 40% mais leve do que o atual. Não ouse chamar de “banheiro”. Até o nome é complexo: Sistema Universal de Gerenciamento de Resíduos; afinal, o projeto é muito importante. O novo sanitário foi pensado para otimizar “o uso do banheiro para a tripulação feminina”. Além disso, a nova estrutura foi construída para poder ser integrada em diferentes naves espaciais. O banheiro tem sistema regenerativo que recicla a água com produtos químicos para que ela possa ser usada novamente. Isso mesmo, a astronauta Jessica Meir, explicou que a tripulação recicla cerca de 90% de todos os líquidos à base de água na estação espacial, incluindo urina e suor. A nova meta da Nasa é reciclar cerca de 98%. O foguete “Antares” está previsto para decolar amanhã, às 11h27 da noite no horário de Brasília com transmissão ao vivo pela Nasa TV.

publicidade