EnglishPortugueseSpanish

Como preparativo para a chegada do PlayStation 5, a Sony está se preparando para lançar uma nova versão de sua loja online, a PlayStation Store, tanto na web quando em versão para smartphones. Entretanto, a novidade é uma má notícia para quem tem o console atual da empresa, o PlayStation 4, ou modelos mais antigos.

Segundo o site PushSquare, a nova loja não irá mais oferecer conteúdo para o PlayStation 3 e o portátil PlayStation Vita. Isso não significa o fim do suporte a estes consoles: usuários ainda poderão adquirir jogos para eles usando a versão da loja embutida em seus respectivos sistemas operacionais. Só não poderão fazer isso na web ou no celular.

publicidade

Apps, temas e avatares para o PlayStation 4 também serão removidos da nova loja, e o conteúdo da sua lista de desejos será excluído. Então é melhor baixar logo aqueles jogos nos quais você está de olho faz tempo, ou anotar a lista em algum outro lugar.

As mudanças foram comunicadas aos desenvolvedores pela própria Sony, mas ainda não há uma data para que sejam implementadas. Mas considerando que o PS5 será lançado daqui a pouco mais de um mês, em 12 de novembro, não deve demorar muito.

Falta pouco

Uma das únicas coisas que a Sony ainda não revelou sobre o novo PlayStation é a interface do sistema operacional. Nesta semana a empresa divulgou um vídeo onde o chefe de design industrial para o console, Yasuhiro Ootori, desmonta o console passo-a-passo e mostra os principais componentes.

O vídeo mostra um design bastante modular: os painéis brancos podem ser removidos sem o uso de ferramentas, e a base que mantém o console em pé é presa com apenas um parafuso. A unidade óptica (um drive de Blu-Ray) e a fonte de alimentação também são modulares e facilmente removíveis.

O processador usa um sistema inovador com metal líquido para transferir calor para o imenso dissipador. Os 875 GB de armazenamento interno são soldados na placa-mãe, mas há um slot para expansão usando um módulo PCIe 4.0.

O PlayStation 5 chegará ao Brasil em 19 de novembro, por R$ 4.599 (versão All Digital) e R$ 4.999 (versão com suporte à mídia física).

Fonte: PushSquare