Nada mais irritante do que precisar do computador e ver ele se arrastando por minutos até “acordar”, terminar de carregar o sistema e finalmente ficar pronto para usar. Esta lentidão pode não ser culpa do sistema operacional, mas sim de programas que se configuram para carregar automaticamente quando o PC é ligado.

A intenção pode ser nobre: permitir que apps e serviços de uso frequente, como o Teams, Skype ou OneDrive, estejam prontos para usar rapidamente. O problema é que o número de apps que se consideram essenciais é imenso, o que pode rapidamente levar ao efeito inverso e deixar o PC mais lerdo.

publicidade

O Windows permite desativar a inicialização automática de programas (em Configurações / Aplicativos / Inicialização), mas não impede que um programa recém-instalado se adicione à lista, nem avisa quando isso ocorre. Felizmente, a Microsoft decidiu mudar este comportamento.

Reprodução

Mensagem avisa quando um app se configura para rodar automaticamente na inicialização. Imagem: Windows Latest / Reprodução

“Insiders” que já estão testando o sistema informam que o Windows agora avisa se algum programa tiver se adicionado à lista de inicialização automática desde a última vez que o computador foi ligado ou reiniciado. Assim, fica claro para o usuário o que aconteceu e como reverter a mudança.

O alerta está aparecendo em versões de teste do Windows 10 21H1, que atualização semestral do sistema que deverá estar disponível aos consumidores no primeiro semestre do ano que vem.

Fonte: Windows Latest