EnglishPortugueseSpanish

Espaçonave a caminho de Mercúrio usa Vênus como freio

Redação 15 de outubro de 2020
publicidade

A caminho de Mercúrio, a missão BepiColombo usou o planeta Vênus para reduzir sua velocidade. Na madrugada de hoje, à 1h58 pelo horário de Brasília, ela fez sua primeira manobra ao redor do planeta com esse objetivo.

Segundo a Agência Espacial Europeia e a Agência Espacial Japonesa, que operam a sonda, o veículo estava a 10.720 quilômetros da superfície de Vênus. A segunda passagem da BepiColombo por lá ocorrerá em 10 de agosto de 2021. Nessa ocasião, a espaçonave vai chegar bem mais perto do planeta: apenas 550 quilômetros de sua superfície.

publicidade

Durante essas manobras, a espaçonave circula o planeta e usa sua atração gravitacional para ganhar ou perder energia. Assim, é capaz de alterar seu curso e sua velocidade rumo ao destino. No caso da BepiColombo, as manobras ajudam a frear a espaçonave e compensar a atração gravitacional cada vez maior que o Sol exerce sobre ela enquanto se aproxima de Mercúrio.

A missão tem o nome do cientista que idealizou a manobra, o matemático e engenheiro italiano Giuseppe “Bepi” Colombo. Ele criou essa alternativa durante a missão Mariner 10, da Nasa, a primeira a passar por Vênus.