EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Lotus colocou na útima sexta-feira (16) três protótipos de seu hipercarro elétrico, o Evija, na pista de corrida. Anunciado em julho de 2019, o veículo ainda está em desenvolvimento.

O carro fez sua estréia nas pistas durante a Goodwood SpeedWeek, evento realizado no circuito de Goodwood em Chichester, West Sussex, no sul da Inglaterra. A primeira pessoa a experimentar o Evija, além dos engenheiros da Lotus, foi William Rupert Charles Gordon-Lennox, que carrega o título de Lord March. Seu pai, o Duque de Richmond, organizou o evento e é proprietário do local.

publicidade

Sobre a experiência, March comentou “o Evija é inacreditável. O poder, a velocidade, nunca experimentei nada como ele – foi excepcional. Este novo despertar dos hipercarros elétricos traz o topo do automobilismo para para nova geração e uma audiência mais jovem.

publicidade

Avaliado em quase 12 milhões de Reais (US$ 2,1 milhões), o Evija tem quatro motores elétricos que juntos têm potência de 1.972 hp. Ele pode ir de 0 a 100 km/h em menos de três segundos, e chega a 300 km/h em menos de nove segundos. Sua velocidade máxima é de 320 km/h, com autonomia de 402 km com uma carga da baterias.

Com um carregador de 350 kW o Evija pode carregar suas baterias a 80% em 12 minutos, e atingir 100% de carga em 18 minutos. Entretanto, a Lotus afirma que um carregador de 800 kW, que ainda não está comercialmente disponível, seria capaz de dar ao carro uma carga completa em apenas 9 minutos.

Como todo bom supercarro elétrico, o Evija traz luxos como portas que não possuem puxadores e só são abertas através da chave ou de um botão no interior do teto. Os assentos e volantes são forrados por tecido Alcantara. Os faróis usam laser para iluminar a estrada, e os retrovisores foram substituídos por pequenas câmeras que sobressaem pelos lados.

Segundo a Lotus, apenas 130 unidades do Evija serão produzidas, a partir do final deste ano.

Fonte: Electrek