EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Nintendo confirmou uma redução no preço sugerido do Joy-Con, o controle do Nintendo Switch, em caráter permanente para os mercados japonês e norte-americano. Anteriormente saindo pelo valor de US$ 49,99 (R$ 280,84 na conversão direta), o novo preço praticado pelo é de US$ 39,99 (R$ 224,66). A redução passará a valer a partir do dia 6 de novembro.

Vale citar, o preço é em valor unitário, ou seja, se você comprar um kit com dois Joy-Cons, eles virão com o valor completo. O Joy-Con está disponível nas cores cinza, vermelho neon, azul neon, amarelo neon, verde neon e rosa neon.

publicidade

Brasil de fora?

Reprodução

Os Joy-Cons agora passam a ser vendidos a preço reduzido no exterior, mas ainda não se sabe se novidade chega ao Brasil. Imagem: Nintendo/Divulgação

Considerando o fato de que a redução permanente de preço vale tanto para o Japão como para os Estados Unidos, o Olhar Digital entrou em contato com a assessoria de imprensa da Nintendo a fim de saber se a medida também encontrará reflexo no Brasil. Até o momento, nós não tivemos resposta.

No mercado local, o preço do Joy-Con é bem variável, mas fica dentro da média entre R$ 500 e R$ 600 o par, nas cores vermelho e azul. Aliado a isso, o preço do kit completo – controles mais o console – fica entre R$ 3 mil e R$ 3,5 mil nas magazines oficiais.

publicidade

Problema de “drift” será reparado sem custo

Exemplo do efeito de um Joy-Con com problema de “drift. Imagem: ResetEra/Reprodução

Também recentemente, a Nintendo se comprometeu a consertar o problema conhecido como “Joy-Con Drift”. O nome é atribuído ao movimento involuntário do analógico do joystick, inserindo comandos e movimentando personagens na tela mesmo quando o usuário não está fisicamente movimento o controle.

Embora ele também seja comum em outros consoles com alavancas analógicas em seus controles (como o DUALSHOCK 4, do PlayStation 4), o “drift” tornou-se mais conhecido por causa da sua alta incidência com o Nintendo Switch.

Com o retorno da Nintendo ao mercado brasileiro, a assistência técnica credenciada pela empresa por aqui passará a fornecer o reparo do dispositivo de forma gratuita. O interessante é que essa assistência também vale para consoles importados de fora do Brasil.

Há, hoje, duas potenciais causas para o “drift”: a primeira é o acúmulo de poeira e outras partículas na parte de baixo do analógico, enquanto a segunda pode ser problema de gasto das linhas de contato dentro do Joy-Con, que podem perder sua eficiência conforme o aparelho é usado.

Fonte: Nintendo Life