EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Lightricks, fabricante do Facetune, lançou hoje (27) um novo aplicativo, o Filtertune, projetado para criar uma comunidade em torno de filtros de fotos personalizados.

Com a nova aplicação, disponível apenas para iOS, os usuários podem criar seus próprios filtros de fotos e depois compartilhá-los nas redes sociais com um QR Code especial anexado.

publicidade

Quando outras pessoas virem um filtro que gostarem, poderão capturá-lo e importá-lo de volta para o aplicativo Filtertune.

 Lightricks/Divulgação

publicidade

Com novo aplicativo, usuários podem criar filtros personalizados e compartilhar em suas redes sociais. Imagem: Lightricks/Divulgação

Embora fosse mais fácil criar algum tipo de sistema no aplicativo para compartilhar os filtros – semelhante à “Galeria de efeitos” do Instagram, por exemplo – a base de usuários dos softwares da Lightricks não está concentrada em um único aplicativo.

Filtros compartilhados com outros apps da Lightricks

Em vez disso, ele oferece um pacote cada vez maior de aplicativos de edição de fotos e vídeos, incluindo seu carro-chefe o Facetune, o Facetune2, o Facetune Video, o Enlight Quickshot, o Photofox, o Videoleap, o Pixaloop, o Boosted, o Seen, o PosterBoost, o Artleap e o Beatleap.

Combinados, sua coleção de aplicativos teve mais de 400 milhões de downloads até agora, mas seu número de usuários ativos é muito menor. Segundo a Lightricks, seu portfólio de aplicações tem 300 milhões de registros e os assinantes pagos chegaram a três milhões no ano passado.

Enquanto esses números e o crescimento dos aplicativos ajudaram a transformar Lightricks em um unicórnio, o Instagram oferece acesso a uma comunidade muito maior de compartilhamento de fotos. Por isso, faz todo o sentido o Filtertune fornecer ferramentas que permitam aos usuários acessarem plataformas de mídia social existentes para compartilhar seus filtros e descobrir novos.

Ferramenta de criação e edição de filtros

Na verdade, segundo a Lightricks, a criação do Filtertune foi motivada por tendências de mídia social em que influenciadores online postavam dicas sobre edições personalizadas de suas próprias fotos e ofereciam essas predefinições para os fãs baixarem ou comprarem. 

O Filtertune, no entanto, não é um mercado para filtros, mas apenas uma ferramenta para criação, edição e compartilhamento. Usando o aplicativo, qualquer pessoa pode editar um filtro existente ou criar um novo do zero.  

O aplicativo se concentra na edição de fotos realistas, não usando sobreposições de ativos digitais para criar novos estilos – como aplicativos que trocam o fundo, por exemplo, ou aqueles que usam realidade aumentada.

Lightricks/DivulgaçãoAplicativo faz edições realistas e exibe QR Code para que outros usuários possam utilizar o mesmo filtro. Imagem: Lightricks/Divulgação

Quando o filtro estiver concluído, basta tocar no botão de compartilhamento, que adiciona um banner à foto que diz: “Get This Filter” e oferece instruções de download do filtro criado junto com um código QR. 

Em seguida, o usuário salva essa imagem no rolo da câmera do iPhone e a posta em qualquer lugar que desejar, como no Facebook, no Instagram, no Twitter e no Snapchat. Além disso, também é possível enviar para algum e-mail, aplicativo de mensagens ou publicar em um site.

Quando outras pessoas virem a imagem compartilhada, a ideia é que elas tirem um print e salvem em seu dispositivo. Na próxima vez que esses usuários abrirem o Filtertune, o app procurará por novos filtros através do código QR dos prints. Quando os encontrar, eles serão adicionados à coleção do aplicativo.  

Novos filtros podem ser encontrados no Instagram

Os usuários também podem usar o Filtertune para editar fotos com qualquer um dos filtros personalizados descobertos nas redes sociais. Assim, em uma rápida busca no Instagram pela hashtag #filtertune, as pessoas podem encontrar novos filtros para experimentar.

Lightricks/Divulgação

Além das imagens, os usuários compartilham as definições de filtros que criou ou editou. Imagem: Lightricks/Divulgação

“O Filtertune representa uma evolução natural de nossas experiências de crescimento de produtos e, com isso, a Lightricks continuará promovendo uma cultura de comunidade online, compartilhamento e colaboração necessária para jovens artistas, criadores e qualquer pessoa que goste de mídia social”, disse Zeev Farbman, cofundador e CEO da Lightricks. 

Farbman também observou, em um comunicado, que os aplicativos Facetune2 e Quickshot do Lightricks tiveram um aumento de 30% e 35% no número de usuários em 2020, respectivamente.

Fonte: Techcrunch